Devemos dedicar o nosso tempo para alcançar nossos objetivos pessoais ou para servir a Deus fazendo a sua obra?

O uso da conjunção “ou” pressupõe uma alternância, ou seja, a apresentação de alternativas, onde uma exclui a outra. Mas, na verdade, esse é o principal erro ao fazer essa pergunta para alguém ou para si mesmo.

Diante do dinamismo da sociedade atual, e das inúmeras tarefas que ela nos impõe, fazer a obra de Deus parece muitas vezes ser inconciliável.

LEIA TAMBÉM:
A Esquecida Prática da Meditação ➜
Você está Cheio do Espírito Santo? ➜
10 Razões para Você ser Um Aluno da EBD ➜

Vivemos em um tempo no qual uma quantidade considerável de horas do nosso dia é “perdida” pelo vício de olhar as redes sociais, verificar mensagens dos grupos de WhatsApp e fazer stories, e a dedicação à leitura da Palavra, à oração e à obra do Senhor têm perdido cada vez mais o espaço na agenda da maioria dos cristãos.

O “evangelho do banco” tem se tornado mais atrativo para muitos, e o motivo parece ser muito plausível.

Afinal, todo mundo precisa trabalhar, mas ainda não pode deixar de se qualificar para conseguir um aumento de salário e proporcionar uma vida mais confortável para sua família.

Afinal, todo mundo precisa cuidar da saúde, praticar esportes e fazer dieta.

Afinal, todo mundo precisa ter tempo de lazer e comparecer aos eventos sociais de amigos e colegas de trabalho.

Afinal, todo mundo precisa ter um tempo de descanso e viajar para relaxar.

O “ide” do Senhor não é apenas para alguns, mas também é para você…

Sim. Tudo isso é verdade.

Mas todo cristão também precisa entender o seu papel na casa de Deus e cumpri-lo de acordo com a vontade dEle. O “ide” do Senhor não é apenas para alguns, mas também é para você.

O texto que se encontra no evangelho de Lucas, capítulo 1, relata um episódio vivido por um sacerdote chamado Zacarias:

“E aconteceu que, exercendo ele o sacerdócio diante de Deus, […] o anjo do Senhor lhe disse: Zacarias, não temas, porque tua oração foi ouvida, e Isabel, tua mulher, dará à luz um filho, e lhe porás o nome de João”.

Perceba que a oração desse homem de Deus foi atendida enquanto ele exercia o sacerdócio diante de Deus. E este exemplo precisa ser seguido.

Em alguns momentos, por mais difíceis que sejam as circunstâncias, você não pode se afastar da missão que Deus lhe confiou, pois “ninguém que, tendo posto a mão no arado, e olha para trás é apto para o reino de Deus” (Lucas 9.62).

É preciso enfrentar a árdua tarefa de encontrar o equilíbrio e aprender a administrar o tempo, afinal “há tempo para todo propósito debaixo do céu” (Eclesiastes 3.1b).

A única forma de alcançar êxito nesta caminhada é buscando graça e sabedoria em Deus. E isso só é possível se formos cheios do Espírito Santo.

E que ao final da nossa caminhada possamos dizer: “Combati o bom combate, completei a carreira, guardei a fé” (2 Timóteo 4.7).

Missª. Isabela Rodrigues

Gostou deste artigo?

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on print

Gostou do artigo? Deixe seu comentário abaixo!

Assembleia de de Deus Ministério Plena Unção - logo 1

Seja bem-vindo ao nosso site. Ficamos muito felizes com a sua vida. Estamos aqui para te servir e te ajudar. Encontre conteúdos que vão abençoar sua vida.

Fale conosco:

(21) 4112-3632

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por Influência Design. Termos de Uso • Política de Privacidade

JORNADA DE EDUCAÇÃO CRISTÃ - 18 A 20 DE OUTUBRO DE 2019 ➜